quinta-feira, 20 de abril de 2017


Centenário: Francisco e Jacinta Marto vão ser canonizados em Fátima no dia 13 de maio

 
 
 
 
 
Agência Ecclesia
 

Decisão tomada em reunião do Papa com cardeais

Fátima, 20 abr 2017 (Ecclesia) - O Papa Francisco anunciou hoje no Vaticano que vai presidir à canonização de Francisco e Jacinta Marto em Fátima, no dia 13 de maio, anunciou o Santuário português, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Os dois pastorinhos de Fátima tornam-se assim nos mais jovens santos não-mártires da história da Igreja Católica.

A decisão sobre o local e data da canonização foi tomada hoje num Consistório Público, reunião formal de cardeais, realizada no Palácio Apostólico do Vaticano.

"O Santuário de Fátima volta assim a ser o palco de uma cerimónia no processo de canonização de Francisco e Jacinta, depois de, a 13 de maio de 2000, João Paulo II ter presidido ali à beatificação dos dois videntes", assinala a instituição.

A canonização acontece após a aprovação, a 23 de março, de um milagre atribuído a Francisco e Jacinta, última etapa do processo, iniciado há 65 anos.

No processo de Francisco e Jacinta Marto, foi aceite como milagre a cura milagrosa de uma criança no Brasil.

A decisão da comissão de peritos ou científica sobre a aceitação do milagre foi posteriormente analisada por uma comissão de teólogos, que recomendou a aceitação à Congregação para a Causa dos Santos.

O decreto saído da Congregação, declarando santos os dois beatos, foi então submetido à aprovação do Papa Francisco, recorda o Santuário de Fátima.

A canonização é a confirmação, por parte da Igreja Católica, de que alguém é digno de culto público universal, podendo ser apresentado aos fiéis como intercessor e modelo de santidade.

A festa litúrgica de Francisco e Jacinta Marto ocorre a 20 de fevereiro, dia da morte de Jacinta.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Video do Papa - Abril 2017



Pelos jovens, para que saibam responder com generosidade à sua própria vocação, e se mobilizem pelas grandes causas do mundo.


Sei que vocês, jovens, não querem viver na ilusão de uma liberdade que se deixa levar pela moda do momento, mas que apostam alto. É assim, ou estou errado?
Não deixem que outros sejam os protagonistas da mudança.
Vocês jovens são os que têm o futuro.  Eu lhes peço que o construam, que trabalhem por um mundo melhor.  É um desafio, sim, é um desafio! Vocês aceitam?
Peçam comigo pelos jovens, para que saibam responder com generosidade à própria vocação e se mobilizem pelas grandes causas do mundo.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Fátima: Papa aprova canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta

 

 
     

Anúncio feito pela sala de imprensa da Santa Sé

Cidade do Vaticano, 23 mar 2017 (Ecclesia) - O Papa Francisco aprovou hoje o milagre necessário para a canonização dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, videntes de Fátima, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

A canonização de Francisco (1908-1919) e Jacinta Marto (1910-1920), beatificados a 13 de maio de 2000 pelo Papa João Paulo II, em Fátima, dependia do reconhecimento de um milagre atribuído à sua intercessão.

A data e local para a cerimónia de canonização vai ser decidida num próximo consistório (reunião de cardeais), no Vaticano, marcado para 20 de abril.

A divulgação do decreto que reconhece um milagre a atribuído à intercessão dos Beatos Francisco e Jacinta Marto foi feita esta tarde, após uma reunião do Papa com o cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos.

A canonização é a confirmação, por parte da Igreja, que um fiel católico é digno de culto público universal (no caso dos beatos, o culto é diocesano) e de ser dado aos fiéis como intercessor e modelo de santidade.

Francisco e Jacinta Marto, irmãos pastorinhos que, segundo o testemunho reconhecido pela Igreja Católica, presenciaram as aparições da Virgem Maria na Cova da Iria e arredores, entre maio e outubro de 1917, são os mais jovens beatos não-mártires da história da Igreja Católica.

A postuladora da causa de canonização dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, irmã Ângela Coelho, tinha referido à Agência ECCLESIA que o milagre necessário para a canonização, após a beatificação de 13 de maio de 2010, tinha “todas as condições” para ser validado.
O estudo refere-se a uma cura de uma criança, natural do Brasil.

“É bonito por isto mesmo: duas crianças cuidam de uma criança”, referiu a irmã Ângela Coelho, em entrevista que vai ser transmitida este domingo no Programa '70x7' (RTP2).

Os trâmites processuais para o reconhecimento de um milagre, por parte do Papa, acontecem segundo normas estabelecidas em 1983.

A Congregação para as Causas dos Santos (Santa Sé) promove uma consulta médica sobre a alegada cura, para saber se a mesma é inexplicável à luz da ciência atual, feita por peritos; o caso é depois submetido à avaliação de consultores teológicos e de uma sessão de cardeais e bispos.
A aprovação final depende do Papa, que detém a competência exclusiva de reconhecer uma cura como verdadeiro milagre.

A Igreja celebra a 20 de fevereiro a festa litúrgica dos beatos Francisco e Jacinta Marto, dois dos três pastorinhos videntes de Nossa Senhora, em 1917; a data coincide com a da morte da beata Jacinta Marto.
OC

terça-feira, 14 de março de 2017

O Video do Papa - Ajudar os cristãos perseguidos

 
Pelos cristãos perseguidos, para que experimentem o apoio de toda a Igreja na oração e através da ajuda material.
Papa Francisco - Março 2017

Quantas pessoas são perseguidas por causa de sua fé, obrigadas a abandonar suas casas, seus locais de culto, suas terras, seus afetos!
São perseguidas e executadas por serem cristãs, sem que os perseguidores façam distinção entre as confissões às quais pertencem.
Eu lhes faço uma pergunta, quantos de vocês rezam pelos cristãos que são perseguidos?
Animem-se a fazer isso comigo, para que experimentem o apoio de todas as Igrejas e comunidades, por meio da oração e da ajuda material.